Sistema de Gestão e Monitoramento Ambiental será lançado na próxima semana

12-04-2017

A Secretaria de Município do Meio Ambiente (SMMA) lançará, no dia 17 de abril, o Sistema Integrado de Gestão e Monitoramento Ambiental (Sigma). O lançamento do sistema será realizado, às 17h, na Sala de Reuniões da Prefeitura Municipal. O Sigma consiste em um sistema on-line para requerimento dos serviços oferecidos pela SMMA através das suas Unidades de Licenciamento e Fiscalização Ambiental (Ulfa), Arborização e Poda (UAP), Unidade de Educação Ambiental (UEA), de Administração (UAd) e também da Coordenadoria Municipal de Defesa dos Direitos dos Animais (CMDDA), de forma a melhorar a comunicação com a comunidade, podendo receber inscrições em seus projetos, pedidos de serviços e denúncias.

De acordo com o superintendente do Meio Ambiente, Alex Molina, a proposta do Sigma começou com a necessidade da Unidade de Licenciamento em se comunicar com a comunidade de maneira mais prática, otimizando os processos de Licença Ambiental no Município. Ainda de acordo com Molina, o sistema foi desenvolvido através de equipe técnica própria, composta por alunos do curso de Engenharia da Computação da Universidade Federal do Rio Grande (Furg), que são estagiários da SMMA, além de outros servidores da secretaria e da Tecnologia e Informação da prefeitura. Em entrevista, o superintendente ressaltou ainda que o desenvolvimento do sistema de forma integrada entre secretarias resultou na economia de cerca de R$ 200 mil, o que não aconteceria caso o sistema fosse comprado pela municipalidade.

Segundo Michel Larrosa, um dos responsáveis pela elaboração do site, a maioria das expectativas foi atingida até o momento e o objetivo é que o Sigma se torne uma ferramenta pública de muito sucesso. Larrosa comentou ainda que a ferramenta, além de suprir todos os requisitos técnicos, tem uma interface atraente, intuitiva e responsiva que foi pensada para facilitar o uso e o entendimento dos processos. “Partindo do princípio da digitalização de processos, esperamos diminuir o tempo de execução de processos, licenciamento, por exemplo, em metade do tempo, além de atribuir mais qualidade e detalhamento aos serviços prestados pela SMMA e, claro, transparência” completou. No primeiro momento, a operação do sistema começa atendendo às demandas do Licenciamento Ambiental, onde a comunidade terá no Sigma a oportunidade para iniciar os processos de licenciamento que sejam de competência da Secretaria de Meio Ambiente.

O Sistema estará disponível para uso no endereço: http://www.riogrande.rs.gov.br/sigma/ e, de acordo com a SMMA, terá atenção redobrada para atualizações nos primeiros três meses. As atualizações serão feitas conforme o surgimento das demandas, que podem ser apontadas tanto pela comunidade em geral, que irá acessar o sistema, quanto nas ocorrências encontradas pela equipe da Secretaria.

Em entrevista, o superintendente Alex Molina explicou também que o sistema deve ir além, de forma a desenvolver um grande banco de dados para ações de gerenciamento e monitoramento ambiental, incluindo a consolidação de uma educação ambiental crítica, a disponibilização de informações referentes à qualidade de ar, água e solo, bem como resíduos de todo o Município, dialogando com as secretarias como um todo, com muita atenção na em áreas como a saúde, serviços urbanos e etc. (Fonte: PMRG)