Aliança Rio Grande luta pela Termoelétrica Rio Grande

06-10-2017

O Movimento Aliança Rio Grande tem trabalhado de forma intensa pelas questões relativas ao processo da Usina Termoelétrica. Na terça-feira, 03, tão logo soube do fato buscou esclarecimentos e cobrou ações por parte dos entes públicos iniciando pelo Chefe da Casa Civil do Governo do Estado Rio Grande do Sul, em uma reunião emergencial. Ao longo dos últimos dias foram reuniões, ligações e checagem de fatos sobre o tema nas diversas instâncias públicas e com o Grupo Bolognesi, responsável pela obra.

“Nesse momento o Aliança Rio Grande entende que é necessário reunir o máximo de informações possíveis ao mesmo tempo em que ações propositivas devem ser tomadas. Existe um prazo legal para a Bolognesi recorrer da decisão e apresentar um cronograma que atenda às necessidades da Aneel”, afirma o coordenador do Movimento Aliança Rio Grande, Antônio Carlos Bacchieri Duarte. As entidades reunidas já cobraram esforços dos representantes de todas as esferas de poder para que se somem na busca das soluções. O empreendimento tem importância regional e nacional e por isso, o assunto também tem sido pauta do Movimento Aliança Pelotas e Azonasul que já demonstraram solidariedade e cooperação para mais essa importante luta do Estado.

O Aliança Rio Grande reafirma seu compromisso com o desenvolvimento da região e quer que os agentes públicos e políticos trabalhem para garantir a continuidade do projeto em Rio Grande. “A bancada federal gaúcha, nossos parlamentares estaduais, os Executivos estadual e municipal precisam trabalhar em prol da região Sul e lutar pela continuidade do projeto aqui no Rio Grande do Sul, especificamente em nossa cidade”, conclui Bacchieri.

André Zenobini – Assessoria Imprensa Câmara de Comércio RG