Comandante dos Bombeiros fala sobre nova legislação e alvarás na Câmara de Comércio

22-12-2016

O comandante do 3º Batalhão de Bombeiro Militar, sediado no Rio Grande, Ten.Cel. André Silvério, esteve reunido com a diretoria da Câmara de Comércio, no final da tarde desta última quarta-feira, 21, quando fez uma breve prestação de contas e falou sobre a nova legislação para a corporação, principalmente no que se refere à expedição de alvarás.

Conforme o militar, uma das novidades, no que diz respeito à emissão ou renovação de alvarás, é a destinação de um bombeiro específico para atender cada setor do município, que foi dividido da seguinte forma: do canalete da Major Carlos Pinto em direção à área central e bairros da volta do centro; do canalete à Junção e Distrito Industrial; Cassino e Junção até Pelotas.

“Estamos tentando mudar a gestão em toda a região. O bombeiro não pode ser um ilustre desconhecido. Tem de ter nome e sobrenome. Na Barra, por exemplo, quem vai atender as indústrias é o soldado tal, que vai poder interagir com o setor de segurança das empresas”, explicou o Ten.Cel. André. Ele disse que o ano está fechando com a liberação de mais de 800 alvarás no município e pediu que as empresas necessitadas de vistoria façam o agendamento: “O alvará é válido por cinco anos. Três meses antes do vencimento entrem com a renovação. É só renovar e até 2021 não tem mais preocupação”.

O comandante do 3º Batalhão de Bombeiro Militar informou que “até o final de 2017 todos os prédios do Rio Grande terão contato com os bombeiros. Partimos de 15% de pontos de luz que precisam de prevenção contra incêndio. Dá em torno de 16, 17 mil”.

Após responder a questionamentos, o titular dos Bombeiros na região foi elogiado pelo presidente da Câmara de Comércio, Torquato Ribeiro Pontes Netto: “Sua postura desmistifica a imagem que se teve de inúmeras exigências e o receio de contatos. Hoje não temos receio e a confirmação de sua permanência no comando da corporação vai ser muito bom para a cidade”, declarou.