Projetos da RPR estimulam a leitura

25-04-2017

O auditório do Instituto Juvenal Muller ficou lotado na tarde de ontem (24), e centenas de crianças assistiram ao lançamento dos projetos Sacola Literária e Estante de Histórias, realizados pela Refinaria de Petróleo Riograndense (RPR) – no ano em que comemora 80 anos – e apoiados pela Lei Rouanet de Incentivo à Leitura.

Ao todo, os projetos destinarão mais de 9 mil livros para todas as 60 escolas públicas municipais, beneficiando mais de 11 mil crianças e oferecendo oficinas de formação para 300 professores. Durante o lançamento, os pequenos puderam curtir uma apresentação de artistas locais e, ainda, aproveitaram um gostoso bolo com refrigerante, que foi distribuído em alusão ao aniversário da RPR.

Durante o evento, o diretor-superintendente da Refinaria, Hamilton Romanato, comentou que, em nome da RPR, estava muito satisfeito com a oportunidade de realizar os projetos.

“Destacamos a satisfação em poder propiciar este projeto, que vem ao encontro dos pilares de responsabilidade social da RPR: a educação, a segurança alimentar e a sustentabilidade ambiental. A Sacola Literária e a Estante de Histórias procuram desenvolver o interesse pela leitura na juventude, dando um suporte também ao educador”, disse Romanato.

O Executivo Municipal também participou do evento e, após as falas, Romanato entregou simbolicamente a Sacola Literária ao vice-prefeito Paulo Renato Mattos Gomes, e a Estante de Histórias à secretária-adjunta de Município da Educação, Neci Maria Coelho.

DIA DO LIVRO
No último domingo (23), foi comemorado o Dia Mundial do Livro, e, em comemoração à data, a RPR realizou a primeira ação durante esta mesma madrugada, espalhando 80 livros em pontos estratégicos, como terminais de ônibus, nos Hospitais Santa Casa e HU, na Hidroviária, Mercado Público e no Cassino.

PROJETOS
O projeto Sacola Literária distribuirá, em 39 instituições beneficiadas, sacolas com 200 títulos de literaturas brasileira e estrangeira, clássicos da literatura brasileira, livros de introdução aos clássicos para alunos do EJA, literatura infantojuvenil e adereços pedagógicos. Dentre os beneficiados, estão diversas Escolas Municipais de Ensino Fundamental, a Escola Viva e o Núcleo de Bibliotecas.

á a Estante de Histórias contemplará 21 instituições. O projeto acontecerá em diversas escolas Municipais de Ensino Infantil e também Fundamental, focando no fomento da leitura em alunos de 6 a 10 anos. A estante móvel receberá 50 títulos infantis.