Prefeito participa de reunião com presidente da Câmara do Comércio

06/08/2015

O prefeito Alexandre Lindenmeyer esteve reunido na última segunda-feira (03), com o presidente da Câmara do Comércio Torquato Pontes e demais diretores. Na reunião foram abordados os temas relacionados à segurança pública, atração de novos investimentos para o Município, assuntos de ordem tributária e ratificou o convite para visita a fábrica da WEG.

Na oportunidade o prefeito Alexandre Lindenmeyer enfatizou o convite enviado para a Câmara de Comércio, para acompanhar na próxima segunda-feira (10), a visita na fábrica da WEG, no município de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina. Na visita a WEG, o prefeito apresentará as potencialidades do município do Rio Grande com relação às perspectivas da indústria de aerogeradores e mapa eólico do Sul, que engloba Rio Grande e a região.

Lindenmeyer ressaltou que estarão presentes na visita a fábrica da WEG o diretor de Engenharia e Operação da Eletrosul, Ronaldo Custódio, presidente do Consórcio Público do Extremo Sul (COPES) e prefeito de Santa Vitória do Palmar, Eduardo Morrone, vice-reitor da Furg e presidente do Arranjo Produtivo Local (APL) Danilo Giroldo, presidente da Câmara do Comércio e vice-presidente da Fiergs Torquato Pontes e o secretário de Desenvolvimento, Inovação, Emprego e Renda Jordano Marques. O convite foi encaminhado e solicitado a presença do Governador do Estado, José Ivo Sartori, do secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia Fábio Branco e do secretário de Minas e Energia Lucas Redecker.

De acordo com Lindenmeyer, a visita tem como objetivo buscar a defesa dos fornecedores de bens, dos Parques Eólicos, gerando menor custo e agregando valor ao Município, gerando impostos e empregos na região, concentrando a maior capacidade energética do Estado.

Lindenmeyer ressaltou que a pauta não é fácil, pois existe interesse de outros Estados, “entendemos que pela logística, pela demanda dos Parques Eólicos, pela fábrica de torres que utiliza o Porto do Rio Grande, vale o esforço conjunto dos Municípios, Eletrosul, Estado e a sociedade civil para a atração do investimento”.