Comandante dos Bombeiros alerta sobre preços abusivos cobrados na prevenção contra incêndios

18/09/2015

O comandante do 3º Comando Regional de Bombeiros, major André Ricardo Silvério, compareceu à última reunião de diretoria da Câmara de Comércio do Rio Grande, realizada na quarta-feira (16), quando alertou os empresários com relação aos preços exorbitantes que estão sendo cobrados por empresas que atuam na área de prevenção de incêndios no Município.

Conforme o major, no Município, existem 17.856 estabelecimentos que precisam estar adequados ao Plano de Prevenção contra Incêndio, "desde o mercadinho até o shopping". O problema é que o investimento está saindo muito caro. "Hoje, o mínimo que paga qualquer estabelecimento, em Rio Grande, é um CUB, ou seja, R$ 1.700 para qualquer peça de 12 metros quadrados. Até mesmo para uma sala de advocacia dentro da própria casa", observou o comandante, que prosseguiu: "viemos à Câmara de Comércio buscar uma alternativa para que a população e o empresário não paguem essa conta. Foi cobrado de um galpão com 3.500 metros quadrados, nada menos que R$ 70 mil de prevenção de incêndio e o sujeito pagou. Não precisava pagar tudo isso e queremos criar um canal com a Câmara de Comércio, primeiro para informar que não precisa sair colocando extintor. A dona de uma pequena fábrica de chocolate junto à sua casa, em São Lourenço do Sul, pagou R$ 9 mil colocando extintores onde não havia necessidade e, com a crise, o chocolate torna-se supérfluo e vai ser difícil recuperar esse dinheiro. Ela arcou com um custo de prevenção que, além de mal feito, foi superfaturado.

O major André Silvério sugeriu o fornecimento de uma senha para os associados poderem acompanhar a tramitação de seus processos junto ao Corpo de Bombeiros e saberem o que realmente precisam em termos de prevenção.

O presidente da Câmara de Comércio, Torquato Ribeiro Pontes Neto, agradeceu a disposição do militar em informar os empresários e disse que é interesse da entidade estreitar o relacionamento com o Corpo de Bombeiros.